Desde que BLACKPINK, Baekhyun do EXO e o grupo japonês NiziU toparam todas as paradas musicais e quebraram recordes mundiais, a dominação global do K-Pop está oficialmente completa.

As 3 maiores companhias (big 3) de K-Pop, YG, SM e JYP, estão desfrutando de uma era de sucesso inimaginável, com ídolos coreanos topando as paradas não apenas em seu país, mas ao redor do mundo todo. Há anos a onda hallyu vem crescendo, mas, uma vez descartada como uma moda passageira, está claro que o K-Pop será uma força que molda a cultura a ser reconhecida pelos próximos anos — como essas três recentes conquistas de topar as paradas e quebrar recordes comprova.

Vendas do álbum solo do Baekhyun ultrapassam 1 milhão de cópias.

Baekhyun do EXO, o poderoso solista do K-Pop, é o primeiro artista solo desde 2001 a vender um milhão de álbuns, alcançando esse feito com seu segundo álbum solo Delight, que vendeu cerca de 1,02 milhões de cópias até o final de junho, desde que chegou às prateleiras dia 25 de maio — o maior número de vendas para um artista solo desde o álbum Another Days do compositor Kim Gun Mo (2001), que vendeu 1,3 milhões de cópias.

O vocalista principal do grupo também se tornou o primeiro artista em 20 anos a ser um million-seller como um solista e com o grupo. Previamente, o cantor lendário Seo Taiji era o único artista a alcançar esse feito, com um milhão de cópias vendidas como grupo – Seo Taiji and Boys – e como um artista solo.

Baekhyun anteriormente alcançou esse recorde com o EXO, como o grupo vendo mais de um milhão de cópias por cinco álbuns consecutivos, começando com o primeiro álbum de estúdio XOXO, lançado em 2013.

 

Matéria pela South China Morning Post.